Ballet infantil: confira os principais benefícios

ballet infantil

Como toda atividade física, o ballet infantil também apresenta diversas vantagens para o corpo e para a mente. Disciplina, postura e ritmo estão entre os benefícios da dança, configurando-se em uma atividade excelente para crianças.

O ballet também é considerado uma arte cênica, pois as peças contam uma história por meio da evolução de uma dança e de movimentos corporais. Logo, quando a criança inicia no ballet ela também passa a ter contato com arte, música, figurinos, histórias e cenários. Assim, a criatividade e a imaginação são constantemente estimuladas.

Além disso, de acordo com estudos, o ballet clássico é uma das atividades que mais estimulam o desenvolvimento psicomotor de crianças entre 3 e 7 anos. Isso faz com que a imagem corporal seja melhor definida, com uma maior consciência de si e do mundo ao seu redor.

Confira os principais benefícios desta atividade!

Professora e alunas

Coordenação motora

O ballet infantil aprimora a coordenação motora devido à variedade de movimentos e à precisão exigida.

Preparo físico

Assim como toda atividade física, o ballet trabalha a musculatura, a flexibilidade e também a capacidade cardiorespiratória.

Disciplina

A disciplina é fundamental no ballet. A criança passa a entender as regras e cumpre por vontade própria pois se envolve na atividade, compreendendo os motivos das proibições e permissões.

Expressão Corporal

A expressão corporal é trabalhada durante toda a dança, visto que não há uma comunicação verbal em apresentações de ballet.

Consciência corporal

No ballet, a criança desenvolve a consciência corporal e se torna um adulto com capacidades e habilidades corporais muito bem desenvolvidas.

Ballet infantil

Lateralidade

Os exercícios das aulas de ballet sempre são feitos em todas as direções: para a direita, para a esquerda, para frente, para trás e também para as diagonais. Logo, estimula todos os lados do corpo, não privilegiando um em detrimento do outro.

Equilíbrio

No ballet é necessário praticar giros, paradas, ponta de pé e andar na meia ponta. Todos esses movimentos requerem muito equilíbrio e no ballet infantil há atividades específicas para o ensino e aperfeiçoamento do equilíbrio.

Postura

A “pose de bailarina” é famosa pela elegância e não é à toa. A forma de andar, o ângulo que o queixo deve ficar e o alinhamento da coluna são fundamentais nos movimentos ballet.

Noção de espaço

Dançar ajuda a desenvolver noções espaciais como “longe”, “perto”, “curto”, “longo”, “baixo” e “alto”. Tudo isso é extremamente importante para o desenvolvimento infantil e até mesmo para evitar acidentes.

Fortalecimento muscular

Grande parte dos exercícios do ballet trabalham com a isometria, ou seja, a contração do músculo em uma ação estática e sem sobrecarga, o que gera o fortalecimento muscular. A criança que pratica ballet trabalha a musculatura e se torna mais resistente e menos propensa a lesões.

Pequena bailarina

Flexibilidade

As crianças têm mais facilidade e obtêm resultados expressivos na flexibilidade quando iniciam o ballet desde cedo. Logo, desde que respeitados os limites dos músculos e das articulações, as crianças podem fazer todo tipo de alongamento.

Autoestima

As atividades propostas estimulam a interação com o professor e com os colegas de turma. Isso permite que a criança fique menos ansiosa e estressada e faça amizades com maior facilidade, tornando-se mais sociável, independente, empática e cooperativa. Além disso, as apresentações diminuem a timidez e aumentam a autoconfiança.

Ritmo e memória

Os movimentos do ballet clássico obedecem ao ritmo das músicas. A memória é estimulada sempre que a criança precisa gravar uma série de movimentos para uma coreografia ou para o exercício ritmado.

Concentração

Nas aulas a criança precisa estar concentrada para acompanhar as instruções passadas pela professora e também para conseguir acompanhar os movimentos dos coleguinhas, estimulando a capacidade de foco e concentração.

Capacidade de lidar melhor com perdas e ganhos, erros e acertos

Frequentemente grupos de danças participam de festivais e competições, o que pode estimular a força de vontade, determinação, mas também ensinar a lidar com perdas.

Relaxamento

O ballet libera endorfina, fazendo com que a criança se sinta mais relaxada e menos estressada após a aula, o que beneficia na rotina e, principalmente, no sono.

Outros benefícios

Também há estudos médicos que apontam que, com exercícios de ballet de abrir e fechar os pés (para crianças com 7 anos de idade), é possível ajudar na correção de problemas como o “pé torto” ou “pé chato”.

Pesquisas também apontam que há a correção ou melhora de problemas como má postura e simetria entre os joelhos, além de ajudar crianças que possuem asma.

Ballet infantil

Como visto, se a introdução da criança ao ballet infantil for feita na hora certa e com o apoio de profissionais qualificados, as aulas serão momentos de pura alegria e diversão para as crianças. E ver os pequenos felizes é tudo que os pais mais desejam.

Na AQUASPORT você encontra aulas de ballet para crianças de 4 a 10 anos em um ambiente cativante e com professores totalmente capacitados.

Traga já seu filho ou filha para fazer uma aula experimental e se encantar por essa arte!

Unidade Vila Mariana
Rua Dr. Amâncio de Carvalho, 308 Tel. 59046000 WhatsApp 11-947703038

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Lei mais