Brasil fez história no Parapan 2019 de Lima

0Shares

Os jogos parapanamericanos 2019 de Lima foram encerrados neste último domingo (01/09) com o Brasil deixando sua marca histórica. Nossos atletas voltaram do Peru com a primeira colocação no quadro de medalhas em seu 4º Parapan seguido.

Tivemos 308 medalhas conquistadas – número 2x maior que os Estados Unidos, que ficou em segundo lugar na competição.

Foram no total: 124 de ouro, 99 de prata e 85 de bronze. Lembrando que na última edição do Parapan (2015), no Canadá, totalizamos 257 medalhas: 109 de ouro, 74 de prata e 74 de bronze.

O melhor é que num ranking tão disputado, essa liderança vem se repetindo desde 2007, quando a competição aconteceu no Rio de Janeiro.

E agora, dando um salto na linha do tempo, o que era bom se tornou excepcional em Lima, pois nossos atletas proporcionaram ao Brasil o maior registro da história, o qual superou a campanha mexicana de 1999.

Alguns destaques

Enquanto Aloísio Alves Júnior, nos primeiros dias de evento, garantiu as medalhas de prata e ouro (mutuamente) nas disputas individuais e por equipes, de tênis de mesa, Lauro Chaman marcou presença no último pódio do Brasil com a prova de resistência no ciclismo de estrada. Essa foi sua terceira medalha em Lima, já que tinha sido ouro na perseguição individual de pista e prata no contrarrelógio de estrada.

Entre tantas outras vitórias, tivemos na natação Daniel Dias com 6 medalhas de ouro. O atleta teve 100% de aproveitamento e nadou seis provas – não podemos deixar de mencionar que o atleta chegou à marca de 33 medalhas de ouro em 33 provas competidas, desde o Parapan de 2007. 

Também tivemos dentro da piscina Phelipe Dias com 7 ouros e 1 bronze, consagrando-se o atleta em Lima com mais medalhas de ouro. Ele disputou oito provas e se tornou o mais rápido nos 50m, 100m e 400m livre, 100m borboleta, 200m medley, ouro nos revezamentos 4x100m livre e 4x100m medley, e bronze nos 100m costas.

Curiosidade

Você sabia que o Parapan de Lima estreou três modalidades no programa dos Jogos Parapan-Americanos? Foram elas: parabadminton, parataekwondo e tiro esportivo.

Assista o vídeo a reportagem do Fantástico, publicado pelo site Globo Play, que registram alguns momentos especiais da competição.

Nossos atletas correram, saltaram, arremessaram e lançaram em busca das vitórias, que foram alcançadas, de tal forma que nenhum outro país foi capaz.

 Além, é claro, do show de bons exemplos de: resistência, dedicação e superação. Motivação essa para os mais de 12 milhões de pessoas com deficiência que temos no país.

Veja 10 grandes histórias de atletas paralímpicos e se inspire, neste artigo.

Quer ver mais postagens como essa? Fique de olho no nosso blog que sempre tem matéria nova.

Curta nossa fanpage aquasport_academia e não deixe de nos acompanhar no @aquasport_academia no Instagram. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.