Brasil supera expectativas e traz medalhas inéditas do Pan de Lima

0Shares

Entre todos os momentos de vitórias no Pan, o GloboEsporte.com elencou os dez mais marcantes para o Brasil, numa matéria que foi publicada no dia 13 e a Aquasport vai fazer um resumo do post para você ficar por dentro. Confira!

Os atletas brasileiros conquistaram ouro e prata na ginástica e no triatlo e trouxeram títulos inéditos no badminton e taekwondo. Com um total de 171 medalhas conquistadas nos Jogos Pan-Americanos que foram encerrados neste último domingo em Lima, no Peru, os atletas brasileiros voltaram para casa com o segundo lugar no quadro de medalhas – após cinquenta e seis anos.

Subimos ao pódio na ginástica artística

Na prova do individual geral de ginástica artística teve dobradinha e o Brasil subiu ao pódio pela primeira vez nesta prova. Medalha de ouro graças ao Arthur Nory e prata graças ao Caio Souza.

No triatlo também teve dobradinha

O triatlo feminino garantiu a primeiríssima medalha (de ouro) Brasileira nos Jogos que também foi dobradinha. Medalha de ouro para Luisa Baptista, com o tempo de 2h00m55s na corrida e a prata ficou para Vittoria Lopes, que concluiu a prova em 2h01m27s.

Exclusividade no badminton

O badminton é um dos jogos olímpicos menos conhecidos no nosso país, mas mesmo com pouca fama e divulgação, teve seu momento de brilho e glamour no Pan de Lima. Ygor Coelho deixou sua marca colocando a medalha de ouro no pescoço.

100m livre em Lima também foi nosso

Mais uma medalha de ouro para colocar na nossa conta com os 100 m livre. Marcelo Chierighini, que já tinha sido finalista nos últimos quatro Mundiais, agora é oficialmente campeão individual.

Ouro no basquete feminino

Nossa seleção feminina de basquete, de forma invicta, também trouxe um título de Lima para gente. Cinco vitórias em cinco partidas. A comemoração foi estonteante com o técnico José Neto – Lembrando que esse é o primeiro ouro depois de Havana, há vinte e oito anos.

Conquista dupla no revezamento 4x100m

Nossa seleção conquistou duas vezes o revezamento 4x100m do atletismo, tanto no masculino quanto no feminino,em disputas igualmente emocionantes.

Carolina e Luisa no tênis e Ederson nos 10000m

Ao lado da Luisa Stefani, Carolina Meligeni vibrou com a medalha de bronze no tênis. Já nos10. 000m foi à vez de Ederson Vilela, que conquistou a medalha de ouro com o tempo de 28min27s44.

Também brilhamos no Judô e taekwondo

 Rafaela Silva conseguiu medalha de ouro no judô e Milena Titoneli, não só conquistou a medalha de ouro como também se tornou a primeira brasileira esse lugar no pódio no taekwondo.

Dedicação e resistência

O que todos os nossos atletas têm em comum é a dedicação e resistência. O brilho durante os jogos Pan de Lima é apenas um reflexo de todo esforço de meses e meses de treinos e trabalho pesado. Sempre com o objetivo de vencer os obstáculos que surgem.

 Valores esses que vemos todos os dias em nossa academia, com professores dedicados e infraestrutura completa que dá suporte e motivação para que nossos alunos superem seus limites e vençam seus desafios.

Fonte: https://globoesporte.globo.com/jogos-pan-americanos/noticia/dobradinhas-medalhas-ineditas-e-vitorias-inesqueciveis-os-10-fatos-mais-marcantes-do-pan-de-lima.ghtml

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.