Os benefícios dos exercícios físicos na 3ª idade

0Shares

Com o avanço do tempo, as mudanças fisiológicas são inevitáveis, afinal, é um processo natural do nosso organismo quando alcançamos a terceira idade.

Portanto, se envelhecer é inevitável, o mais coerente é que se busquem meios de passar pelo processo da forma mais saudável possível, fisicamente, mentalmente e emocionalmente falando. Deste modo, os impactos são amenizados e, consequentemente, a qualidade de vida aumenta.

Segundo muitos estudos, fazer atividades físicas com frequência, programadas e bem feitas, é uma excelente maneira de driblar e reverter enfraquecimento dos músculos, funções cognitivas, massa óssea, entre outros. Além disso, pode prevenir uma série de doenças e ser eficaz no tratamento das já estabelecidas. Doenças essas como as articulares (ocorrem principalmente em mulheres), cardiovasculares, Neoplasias (que são os cânceres, fruto do mau funcionamento do sistema imune) e demais patologias. Inclusive, há uma diminuição na mortalidade daqueles que são ativos, ficam menos doente, procuram menos os hospitais e são menos vezes internados.

Outros ganhos são:

  • Aumento da capacidade de consumir oxigênio;
  • Mais circulação sanguínea;
  • Melhoria da flexibilidade, equilíbrio, memória e perfil glicêmico;
  • Ganho de força.

Sem contar que pessoas com 60 anos ou mais que se exercitam, tem mais vitalidade, jovialidade, disposição, ânimo, bom humor, autonomia e facilidade para executar suas tarefas do dia a dia.

Ou seja, pessoas maduras, que se exercitam e adotam outros hábitos saudáveis nos dias de hoje, possuem uma realidade significativamente diferente das pessoas com a mesma faixa etária que viveram outras épocas.

Por essa razão, não é difícil encontrá-las em posições de destaques em suas profissões, liderando e sendo prestigiadas por grandes trabalhos e contribuições sociais.  

Pesquisas mostram que no Brasil 64% dos indivíduos acima de 60 anos continuam sendo provedores financeiros ou afetivos de suas famílias. Isso ocorre mesmo após a aposentadoria, o que significa uma movimentação de mais de um trilhão de reais por ano e mostra o protagonismo mantido desse grupo.  

As atividades mais recomendadas

 Como as atividades físicas são um dos principais ingredientes dessa receita de sucesso, vamos falar sobre quais são as mais recomendadas.

A musculação é mais prescrita por profissionais da saúde, por ser considerada a mais segura e gerar uma economia no corpo, trazendo força e aumentando a massa muscular. A propósito, estes são itens primordiais na autonomia para levantar, andar e executar atividades funcionais rotineiras. Sem contar que ajuda na densidade óssea, evitando problemas como a osteoporose, diabetes, hipertensão e doenças neurológicas.

Contudo, as atividades aeróbicas como caminhada, ciclismo, a corrida (de forma mais amena) e a hidroginástica também são muito indicadas e fazem diferença.

Segundo um extenso trabalho de levantamento de inúmeros estudos científicos publicados nos últimos anos, quando o objetivo é melhorar a condição cardiovascular, redução da pressão arterial e melhoria dos níveis de colesterol e da função do coração, os exercícios aeróbios são mais eficazes.

O trabalho de revisão publicado por professores da Universidade de Maryland, conclui que cada prática esportiva gera um tipo de benefício para pessoas com 60 anos ou mais. Ele é finalizado com uma recomendação do programa ideal de condicionamento físico, do qual inclui exercícios aeróbicos e com pesos, e valorizando a importância dos exercícios de alongamento para favorecer a flexibilidade, mas sempre respeitando limites individuais, é claro.

Sobre esse tema, uma dúvida muito comum é se existe restrições ou qualquer pessoa acima dos 60 anos pode fazer exercícios e quem nos respondeu foi a professora Alessandra Brunetto, Licenciatura e bacharel em educação física pela UNESP, Fisiologista pela Universidade Gama filho e Socorrista pela Instituição AHA (Americano Heart Association):

“Com as devidas recomendações médicas respeitadas, é claro, pode praticar. Em média três vezes ou mais na semana é o indicado.”

Quanto ao melhor lugar para a prática de exercícios, a academia continua sendo excelente opção – desde que tenham sido tomadas todas as devidas ações orientadas pela OMS para garantir a segurança dos alunos em tempos de pandemia.

Além dos alunos contarem com todo o suporte, orientação e conhecimento dos professores, o local é a garantia de que os exercícios serão feitos de forma correta e segura. Sempre adaptados às necessidades individuais de cada um.

Outro ponto positivo é que ao se matricular em uma academia bem estruturada, a sociabilização é ampliada, experiências são compartilhadas e os integrantes são motivados pelo grupo, o que, aliás, dá sensação de pertencimento. Fatores que trazem mais auto-estima e alegria.

“O ideal é que os exercícios sejam feitos no período da manhã, para aumentar a disposição de pessoas com 60 anos ou mais e deixá-las menos sonolentas durante o resto do dia. Exercícios noturnos devem ser evitados, pois podem provocar insônia”, orienta a geriatra Roberta França em entrevista concedida para o portal Extra.

Na Aquasport você conta com o programa perfeito para isso, o Aqua60+ com aulas presenciais e online: ginástica funcional, musculação e hidroginástica (modalidade que possui variedade de exercícios, proporcionando melhora significativa na forma como o cliente passa a ver o corpo).

Conforme vimos neste artigo, quem faz atividade física acaba, consequentemente, adquirindo hábitos saudáveis, retarda as perdas, evita doenças e revertem quadros já existentes. A rotina de quem está praticando exercícios ou algum esporte é mais ágil, ativa e independente e, como dito por Drauzio Varella, “o sedentarismo é o pai de todos os males.

Lembre-se! É importante que haja a consciência da prática física, uma vez que quando não dedicamos um tempinho para cuidar da nossa saúde, precisamos dedicar, posteriormente, tempo para cuidar de uma patologia. Atividades físicas é um medicamento que trata, previne e realiza a manutenção da saúde.

Fontes

https://globoesporte.globo.com/eu-atleta/saude/post/2019/07/30/terceira-idade-exercicios-aerobicos-e-atividades-fisicas-com-peso-se-complementam.ghtml

https://www.vidanatural.org.br/musculacao-na-terceira-idade/#:~:text=Fortalecimento%20de%20ligamentos%2C%20tend%C3%B5es%20e,do%20al%C3%ADvio%20de%20dores%20articulares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.